Apesar de fundamentais para o bom funcionamento do motor, as velas são um dos componentes mais esquecidos por donos de veículos. Elas são as responsáveis pela faísca que causa a detonação da mistura entre ar e combustível dentro da câmara de combustão.

O que pouca gente sabe é que as velas, assim como os cabos que as conectam ao distribuidor, precisam ser trocadas a cada 20 mil quilômetros. A substituição se faz necessária por conta do desgaste natural das peças e pelos efeitos nocivos provocados por combustíveis de má qualidade.

Com as velas deterioradas, a queima do combustível passa a ser ineficiente, deixando o carro mais “fraco”. Em consequência disso, o motorista passa a pisar mais fundo no acelerador, o que aumenta o consumo do veículo e os níveis de emissão de poluentes.

A boa notícia é que a manutenção das velas e dos cabos de ignição tem um custo baixo, se comparada a de outros componentes. Para ter uma ideia, é possível encontrar kits com quatro unidades a partir de R$ 50. Além de barata, essa é uma medida preventiva capaz de evitar panes e o aumento no consumo de combustível.

FONTE: http://www.carrosdossonhos.com.br/velas-e-cabos-de-ignicao-merecem-atencao-periodica/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu