O bom motorista está sempre de olho nos sinais dados pelo carro que indicam que ele precisa de uma revisão veicular ou mesmo correr para uma oficina. Alguns problemas são informados por uma luz no painel, por exemplo. Outros são mais difíceis de perceber.

Por isso, é fundamental ficar atento a algum barulho fora do normal, algum ruído que surgiu da noite para o dia ou que aparece em determinadas situações, como ao frear ou passar por uma lombada. A seguir, vamos te ajudar a identificar possíveis problemas, que indicam que é bom levar o carro para uma inspeção.

Ronco

É um barulho abafado, que surge com o carro em movimento. Parece que há uma hélice ligada. Ou mesmo que há areia ou algumas pedrinhas dentro da roda. Este tipo de ruído normalmente está associado a problemas de rolamento, o que é grave e exige que você leve o carro o quanto antes para uma vistoria veicular.

Caso o problema se agrave, há o risco até de travamento das rodas, o que coloca motorista, passageiros e terceiros em risco.

Grilo

Este ruído irritante não pode ser ignorado. Ao escutá-lo, procure uma oficina de confiança para uma inspeção. Ele aparece normalmente ao dar partida no carro e quando o motorista acelera. E pode estar associado a algum problema na correia dentada.

Esta peça sincroniza o virabrequim e o movimento das válvulas. Se não for feita a troca, ela corre o risco de estourar com o veículo em movimento. E, acredite, quando isso acontece, o motor é danificado. E o conserto sai bastante caro.

Estalo

Pode surgir ao dar a partida e ser acompanhado pela dificuldade para engatar marchas. Normalmente, está relacionado ao desgaste do coxim, peça que costuma ser de borracha e que ajuda a evitar vibrações. Muitas vezes o estalo acontece porque esta peça se rompeu e começa a haver um contato de “ferro com ferro”.

Caso o estalo aconteça durante curvas ou manobras, aí a chance maior é de um problema na junta homocinética, que precisa ser trocada.

Agudo

Normalmente vem dos pneus, que podem “cantar” com mais frequência. Por mais que muita gente até goste desse barulho, ele costuma indicar que o carro está desalinhado.

Batida seca

É o som de uma pancada, mesmo. Indica possíveis problemas de suspensão ou amortecedor e pode aparecer, principalmente, quando o carro passa por uma lombada ou valeta. Caso algo esteja errado, haverá dois problemas: a falta de segurança, já que o veículo perde a estabilidade, e o desconforto, já que com certeza o balanço e a trepidação ficarão bem desagradáveis.

Por fim, agora que você conhece os sons podem indicar problemas, fique sempre atento. Porém, saiba que a melhor forma de manter seu carro em ordem e rodar em segurança é fazer a manutenção preventiva. Por isso, adote o hábito de fazer a revisão veicular de maneira periódica, em uma oficina de confiança, e fique sempre tranquilo! 

Menu